Música

Efeito Fade

04 abril 2018

[Dorama] City Hunter

Nome: City Hunter
Gênero: Dorama
Distribuição: SBS
Lançamento: 25 de Maio de 2011
Duração: 1400 Minutos (70 Minutos cada episódio)
Episódios: 20 episódios
Sinopse:
City Hunter é baseado em um mangá japonês Tsukasa Hojo. O remake se passará em Seul na Coreia do Sul, com uma história voltada para uma vingança que se perdurou a um longo tempo, contando com o envolvimento de cinco políticos que comandaram uma operação e que por consequência falhou, "traindo" seus próprios soldados, que morreram no campo de batalha na Coreia do Norte, sobrevivendo apenas um. Resultará que um rapaz que parece normal, bonito e mulherengo, terá que se tornar responsável por essa vingança da operação de 28 anos atrás, na atual Coréia do Sul de 2011, mas em seu coração ele quer também ajudar a população que está nas mãos desses políticos corruptos. Será que ele conseguirá se tornar um herói ou apenas uma pessoa que vive e morre pela vingança?
Olá literários e pessoas apaixonadas por doramas!!!
Tudo bem com vocês??

De vez em quando eu tenho tendência a trazer um post sobre alguma série, filme, anime, algo que eu tenha assistido no momento para que vocês saibam mais um pouquinho sobre outros gostos meus que não é apenas pelos livros. Porém, desde de 2012 eu tenho uma paixãozinha por algo que estou vendo que muitas pessoas estão vindo a ter conhecimento recentemente que são: os doramas.

Pra quem não sabe Doramas são séries ou novelas orientais, e tem esse nome por causa da palavra em japonês Drama. Porém os doramas não são necessariamente só japoneses, eles são também: coreanos, chineses, tailandeses, etc. E são conhecidos, além do nome que se é dado como: J-Dramas, K-Dramas, entre outros. Agora que deu para dar uma explicada básica do que se trata, vamos conhecer melhor o dorama City Hunter 😉


City Hunter é um dorama sul-coreano baseado num mangá de mesmo nome, escrito e ilustrado por Tsukasa Hojo. O dorama foi transmitido pela emissora SBS e foi lançado em Maio de 2011, com 20 episódios. Diferente das séries americanas, os doramas normalmente não tem continuação e a gente pode assisti-los sem medo de aguardar mais um ano.


O elenco principal de City Hunter, é composto pelo seguinte grupo de atores: Lee Min-ho (The Heirs) que é o protagonista Lee Yoon Sung ou Poochai, Park Min Young (Princess Ja-Myung) como a agente Kim Na Na, Lee Jon Hyuk (A Poem a Day) como o promotor Kim Young Joo, Kim Sang Joong (Doctor Stranger) como Lee Jin Pyo o único sobrevivente dos soldados que foram executados, Kim Sang Ho (Let's Fight, Ghost) como Bae Shik Joong personagem salvo pelo nosso protagonista, Hwang Sun-Hee (Wild Romance) como a veterinária Jin Sae Hee, Goo Ha-Ra (Secret Love) como Choi Da Hye filha do presidente, Cheon Ho Jin (Moonlight Drawn by Clouds) como o presidente Choi Eung Chan e Kim Mi Sook (Glorious Day) como Lee Kyung Hee. Eu sei, eu sei, que os nomes dos personagens são complicados mas a gente se acostuma quando está assistindo rsrsrsrs


City Hunter inicia praticamente com a história de 21 soldados da Coreia do Sul que são mandados por volta de 1983 secretamente para uma missão militar contra a Coreia do Norte, porém por causa de uma decisão feita pelo presidente da época os cinco políticos que comandaram essa operação são obrigados a cancelá-la e executar os 21 soldados antes que os mesmos voltem ao país. Porém, um deles acaba sobrevivendo e jura vingança a aqueles que traíram os seus companheiros.


Para executar essa vingança Lee Jin Pyo acaba sequestrando o filho de seu companheiro Mu Yeol (Park Sang Mi) e o cria como seu filho numa reserva na Ásia. O jovem é conhecido como Poochai e sua criação é rigorosa, e cheia de treinos pois Lee Jin Pyo o cria para que este mesmo seja o que irá se vingar dos cinco políticos que traíram seus companheiros.


Quando Lee Yoon Sung (Poochai) descobre a verdade sobre sua criação e a vingança da qual ele é destinado desde pequeno a por em prática, o mesmo assume o seu destino e 28 anos depois ele retorna a Coreia do Sul para por em prática a vingança de seu pai. Para isso, ele assume disfarçado o cargo de especialista em TI na equipe da Rede Nacional de Comunicação da Coreia do Sul, na Casa Azul.


Mas enquanto Lee Yoon Sung assume seu papel de vingador sem que ninguém saiba e expõe os membros políticos que mataram seu pai e seus companheiros revelando a corrupção dos mesmo, ele acaba sendo reconhecido pela população como City Hunter e acaba atraindo a atenção do promotor Kim Young Joo que começa a investigar sobre este vingador acima da lei. 


Mas a pedido de um amigo, Lee Yoon Sung acaba se vendo envolvido na vida da agente do serviço secreto Kim Na Na, da qual ele ficou responsável por proteger e ficar de olho por esse amigo que lhe pediu esse favor. Porém, entre tanta convivência algo que lhe foi recomendado que era não se apaixonar pode se tornar um tanto impossível quando o mesmo conhece a força e determinação dessa agente.


City Hunter é um dorama que contém mais ou menos seus 70 minutos de duração a cada episódio, porém quanto mais você assiste mais você quer saber o que vai acontecer no próximo episódio. O dorama mistura ação e romance, cada cena que se é construída principalmente nas cenas de ação são incríveis e cada plot twist que aparece é tipo 😱

Os atores são simplesmente incríveis em cada um dos seus papéis, você tem toda uma sobrecarga típica dos doramas. Então, prepare-se! A trilha sonora é maravilhosa e eu dou destaque para a música "Suddenly", da cantora Kim Bo Kyung que tem na playlist aqui do blog e que foi através dela que conheci a série.


Apesar do blog ser voltado para o mundo literário, eu sempre tento trazer pra vocês a parte de cultura pop e a cultura oriental pois eu acho fascinante esse lado também, e quero dividir essa minha paixão com vocês. Eu resolvi trazer City Hunter como o primeiro dorama a ser comentado nessa nova coluna do blog, pois eu tenho contato com as séries orientais a 6 anos e eu achei mais justo trazer uma das primeiras séries que conheci, do que trazer uma que estreou a pouco tempo e que eu tenha assistido. E sério pessoal, a mesma sensação que tive a 6 anos atrás permanece e talvez tenha melhorado muito mais.

City Hunter é um dorama para as pessoas que curtem esse gênero de ação e romance juntos, se este fosse um livro seria classificado como um romance policial e eu não posso dizer o que ele têm em comum com o mangá pois eu não cheguei a lê-lo. Então, se você curte algo mais explorado para esse gênero e tem curiosidade em assistir doramas City Hunter é um dorama mais que recomendado para você, e mesmo quem só quer assistir por curiosidade pode ver que tenho certeza que vai gostar

Se vocês querem assistir doramas eu recomendo assistir no DramaFever que é um site muito bom para ver dramas e também tem a Netflix que recentemente tem trazido para seu catálogo alguns dos mesmos. Eu vou deixar aqui o vídeo que fez eu me apaixonar por City Hunter, com a música que eu citei da trilha sonora e vocês vão ver mais a parte do romance da série porque eu acabei não achando um trailer legendado da mesma 😅


P.S: Eu não comentei antes, mas pra quem ficou se perguntando por quê dentro do dorama começa com uma ação da Coreia do Sul contra a Coreia do Norte? É porque ainda existe uma certa tensão entre as duas coreias e isso tem ainda haver com a época da Guerra Fria.

17 comentários :

  1. Isaaa
    Eu super apoio a sua coluna!!
    Adorei a dica de Dorama para assistir. Eu já tinha visto ele algumas vezes, mas só pela sinopse, acabei não me interessando muito em assisti-lo. Contudo, adorei o que você contou sobre ele nesse post. Realmente fiquei interessada em assisti-lo, portando, ele já está entrando pra minha listinha :D

    Beijos!!
    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi excelentes críticas sobre os doramas.. Mas ainda não assisti.
    Parece muito dramático pra mim! Apesar de eu curtir um ótimo drama.. não sei pq me lembra novela mexicana!
    rsrs

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  3. Tem mais ou menos um ano e meio que eu venho lendo cada vez mais postagens sobre doramas/dramas coreanos. Os episódios desse são bem grandinhos, hein... 70 minutos por episódio é bastante coisa.
    Eu não posso falar que não gosto de doramas porque nunca assisti nenhum, mas eu não sinto vontade. Tenho aflição de ver as pessoas muito parecidas umas com as outras! Rss
    A história até parece bem bacana, mais complexa do que os que eu estou acostumada a ver sendo resenhados por aí, mas realmente não sinto vontade de encarar.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  4. Tu sabe que eu não consigo me adaptar em temas coreanos e asiáticos sabe? Não sei porque mas nem assisto filmes ou seriados deste teor e ainda não consegui descobrir porque. Uma vez eu via mas quando era mais pequena. Agora não tenho mais esta tendência.

    ResponderExcluir
  5. Oi Antonia, tudo bem? Faz muitos anos que não consigo ver um dorama, mas gosto do protagonista porque amo Boys Over Flowers, em que ele também foi o personagem principal. O enredo do dorama me interessa e vou tentar voltar ao mundo do K-drama! Adorei a dica!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Antonia!
    Menina, nunca vi um dorama na vida hahahah Já tenho muitos vícios. Porém, eu gostei da premissa desse e vou dar uma olhada nele por aí.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Olá! Nunca assisti nenhum dorama, mas assisto muitos animes, e entendo e conheço um pouco da maneira que os asiáticos criam e mostram as coisas. São bem exagerados, e confesso que pelos doramas eu não me interesso muito. Mas obrigada pela dica, se vier a assistir algum, lembrarei deste!

    Bjoxx – http://www.stalker-literaria.com/

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca assisti e nem sei onde procurar, mas gostei deste enredo com ação e romance, sobretudo com essa coisa das duas Coréias, acho que somos bem ignorantes neste assunto.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. A tempos estou protelando esperimentar essa nova sensação, doramas. Não dou o primeiro passo por achar tudo muito teen. Esse enredo me chamou umpouquinhi mais de atenção, por falar de vingança, esse balanceamento de romance com ação pode me agradar. Vamos anotar a dica.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie!

    Já vi a divulgação e indicação desse dorama em outro blog, e desde lá estou bastante interessada nele, espero em breve poder assisti-lo e tirar minhas próprias conclusões, mas sinto que irei gostar de cada ep, e no final ficar querendo mais!

    Bjss

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Até me simpatizo com algumas postagens dos Doramas, mas não consigo me sentir atraída para querer embarcar e assistir os episódios.
    Vejo que tem cada vez mais adeptos e acho legal que as histórias sejam envolventes e tem um conteúdo bacana.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Oie

    Eu nunca assisti nenhum dorama, sempre me indicam vários, mas eu nunca consigo parar e assistir. Eu não conhecia esse, mas adorei os personagens, acho que vou gostar bastante. Gosto mais de animes japoneses, confesso. Mas quem sabe eu pegue o gosto através desse?

    beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Nossa fiquei empolgada enquanto lia a sua indicação. Gosto muito dessa associação de ação com romance, tanto que o romance policial é o meu gênero preferido de leitura. Infelizmente, eu tenho um problema muito grande com a cultura asiatica e não consigo assistir doramas...

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?

    Estou completamente por fora dos Doramas, a única coisa que sei, é que são tipo séries, ne?

    Pelo que vc apresentou parece bem legal, mas confesso que raramente paro pra assistir, tempo... :(

    Beijo!

    ResponderExcluir
  15. Acho super legal colunas que mostram um pouco mais dos gostos além dos livros. Eu confesso que me perdi um pouco durante a postagem por conta dos nomes kkkkk mas me deu a maior saudade de um amigo que trabalhou comigo e que ama a cultura oriental... eu sempre estava atualizada sobre os doramas, as músicas e os mangás...
    Mesmo me perdendo nos nomes, achei a premissa super interessante e super arriscaria assistir (e o fato de ter os twists me fariam ver tudo e não parar no primeiro)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  16. Achei bem interessante essa premissa e parece que traz um misto de gêneros bem interessantes de acompanhar. A trilha também parece algo a parte que dá todo um charme para o dorama. Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Eu ainda não assisto doramas, mas tenho vontade de começar a assistir, pois parece ser muito interessante e os filmes parecem ter histórias legais. Achei interessante esse que você apresentou e gostei de saber que ele é mais voltado para ação, pois pensei que doramas eram mais dramas rs.
    Vou anotar a dica!
    Beijos

    ResponderExcluir